sábado, 15 de agosto de 2009

Yoga Ajuda no Tratamento Cardiovascular

João Mansur Filho - Chefe da Unidade Coronariana do Hospital Samaritano.

O Yoga é uma atividade física não-convencional que envolve um estilo de vida e está ligada à espiritualidade. Ele é bastante praticado nos dias de hoje, quando as pessoas buscam meios de relaxar e fugir do estresse da vida moderna. Os benefícios do Yoga para pessoas com riscos cardiovasculares têm sido cada vez mais estudados. Já os exercícios convencionais, praticados de forma moderada, são comprovadamente importantes na precaução de doenças cardiovasculares, associados à uma dieta balanceada e à interrupção do tabagismo.
Atualmente, existem inúmeros estudos científicos que pesquisam o benefício do Yoga nas doenças cardíacas. Um estudo randomizado controlado por um curto período de tempo - 11 semanas - mostrou que a prática regular de Yoga ajuda no controle da pressão arterial em pacientes que utilizam medicação anti-hipertensiva. Isso pode ser atribuído aos efeitos benéficos da função neurológica autônoma, que diminui os níveis de adrelanina circulante.
A obesidade e o controle de lipídeos, outros fatores de risco para doenças cardiovasculares, também podem ser melhorados com o Yoga, já que a prática regular da atividade, por mais de três meses, pode ajudar no controle do peso e na melhora do perfil lipídico, com melhora efetiva do colesterol. O mecanismo benéfico dessas variáveis (peso e colesterol) não podem ser explicados somente pelo gasto energético dos exercícios.
Há também estudos demonstrando uma diminuição do nível de glicemia e do teste de tolerância oral à glicose. Porém, ainda não se conhecem os reais motivos para essas melhoras na saúde. Portanto, o efeito do Yoga neste grupo de pacientes com doença cardiovascular pode ser uma opção complementar aconselhada e indicada pelo médico. Afinal, existem evidências de que a prática de atividades como Yoga e meditação transcendente apresentam significativo valor na parte física e mental.
Related Posts with Thumbnails