quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Tantra Yoga

TRANTA YOGA

Sempre que começo a falar sobre Yoga, digo: “Yoga é uma preciosidade”.

Esta técnica milenar tem muitas facetas, as quais trazem ensinamentos ou questões filosóficas que muitas pessoas ainda não escutaram.

Praticar Yoga não é apenas fazer algumas posturas, âsanas, que existem nessa grandiosa filosofia. Vai muito além. Uma aula de Yoga completa incorpora desde exercícios respiratórios, harmonização energética, meditação, posturas de alongamento com respiração, âsanas de equilíbrio, de força e coisas mais.

Tantra Yoga é uma das faces do Yoga.

Tantra Yoga trabalha com a energia Kundalinî, que é relacionada com a energia sexual.

Nos meus dois livros de Yoga, “Yoga, Sabedoria, Liberdade e Felicidade” e “Yoga, Harmonia e Prosperidade”, explico a energia Kundalinî.

Tantra Yoga pode ser de “mão direita”, trabalha-se então com a energia Kundalinî, tentando-se despertá-la através de exercícios respiratórios, mantras, exercícios de concentração, visualização, meditação e até com alguns âsanas específicos.

Como a energia Kundalnî repousa no chakra raiz, Mûlâdharâ, tenta-se ativá-la para que ela ascenda, dinamizando os demais chakras. Cada chakra que se consegue despertar, ativar, dinamizar, traz como efeito extraordinárias faculdades paranormais, que os yogues chamam de siddhis.

O chakra raiz, Mûlâdharâ, simboliza a deusa Shakti, que é o pólo feminino. O chakra coronário, Sahasrâra, simboliza o deus Shiva, pólo masculino.

Trabalhando com a energia sexual Kundalinî, o Tantra tenta atingir a união entre Shakti e Shiva. Alcançado este objetivo, desvela-se o Um. Quer dizer, compreende-se Deus, Brahman, como o Yoga o concebe.

O Tantra Yoga de mão esquerda tenta essa união através da prática da sexualidade.

Mas quando se fala sobre sexo, mexe-se com inúmeros e diversos conceitos, como também com preconceitos.

Durante algum período de tempo, abordaremos e explicaremos o Tantra Yoga de “mão esquerda”. Falaremos sobre o sexo sagrado e qualquer assunto afim que seja necessário.

Mentalítico blog.spot.com. Recomendo este blog. Copiei o que considerei um mantra deste blog.

"O que faz diferença em nossa vida não são as oportunidades que deixamos passar porque não tínhamos condições de aproveitá-las. O que importa são aquelas que deixamos passar mesmo sabendo que poderíamos tê-las aproveitado. O problema é quando deixamos escapar a chance da nossa vida por negligência; Mas, às vezes, temos muitas outras chances."

TANTRA YOGA DE “MÃO ESQUERDA” E MAGIA.

Magia, quem reconhece a magia? Ou quem reconhece aquilo que é mágico ou mágica?

A VIDA! A VIDA É MAGIA. A VIDA É MÁGICA!

ALGUÉM JÁ VIU ACONTECER A VIDA SEM ELA ESTAR ENVOLVIDA EM UM INTRIGANTE MISTÉRIO?

EXPLIQUE-ME, POR FAVOR, O QUE É A VIDA. ELA, A VIDA, ENERGIA VITAL, PRÂNA, SHAKTI E SHIVA UNIDOS.

NO INSTANTE DE FUSÃO ENTRE A MULHER, SIMBOLIZADA COMO SHAKTI; E O HOMEM, COMO SHIVA, A DUALIDADE TERMINA. A DIFERENÇA ENTRE O MASCULINO E O FEMININO ACABA. PORQUE NO ORGASMO UNO E DIVINO, QUE TRANSCENDE O CORPO, ACONTECE O UM, DEUS, BRAHMAN.

ESTE É O SEXO SAGRADO, O QUE O TANTRA PRATICA PARA SENTIR DEUS NO MOMENTO MAIOR DE UNIÃO ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER QUE ESTÃO PROFUNDAMENTE APAIXONADOS.


NESSE SUBLIME MOMENTO DOS PROFUNDAMENTE APAIXONADOS, PODE SER QUE A ENERGIA VITAL CONCEBA UM NOVO SER, UMA NOVA VIDA. ENTÃO, O CORPO MATERIAL, QUE COMEÇA NAQUELE INSTANTE A SE FORMAR, RECEBERÁ NO TEMPO CERTO UMA ALMA COM DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL ELEVADO.

PORQUE O AMOR A ATRAIU. E NÃO A OBRIGAÇÃO.

NÃO QUER DIZER QUE UMA ALMA EVOLUÍDA NÃO POSSA CHEGAR À TERRA ATRAVÉS DE UMA OUTRA FORMA DE UNIÃO SEXUAL.

A NATUREZA INTEIRA TRANSA PARA PODER GERAR UMA NOVA VIDA. A PRÁTICA DO SEXO FOI CRIADA POR DEUS.

OBSERVEM ESTES TEXTOS de Dody Donnelly:

"Se quisermos uma espiritualidade humana, ela tem de ser sexual. Amamos Deus na forma de criaturas encarnadas e dotadas de sexo ou não o amamos...

... Por que algumas pessoas preferem manter o Espírito (Deus) na sala de visitas enquanto têm relações sexuais no quarto de dormir? Parece que as melhores fontes de referência sugerem que Deus também gosta de quartos de dormir. De fato (e como podemos dar a ênfase necessária?), Deus inventou a atividade praticada no quarto. Por isso, o ato sexual pode celebrar a criatividade de Deus em nossa designação como amantes humanos."

"... O amor pela beleza, pela união, e pela criatividade é o próprio desejo sexual, que é uma dádiva de Deus. A sexualidade é um aspecto do anseio profundamente humano de sentir que estamos satisfeitos e temos algum significado, que ansiamos por Deus. Impregnando completamente nossas vidas, o eros é a fonte de vida que alimenta todos os nossos amores - incluindo o nosso amor por Deus!"




Related Posts with Thumbnails