quinta-feira, 23 de julho de 2015

Psicocibernética

Maxwell Maltz - criador da Psicocibernética.

Apesar de inspirar-se no desenvolvimento de máquinas sofisticadas, Maxwell rejeita a ideia de que o homem possa ser comparado a uma máquina. Em sua opinião, os seres humanos têm uma "essência" que não pode ser reduzida meramente a um cérebro e a um corpo físico.
Uma pessoa não pode ser definida por seu corpo e seu cérebro, assim como a eletricidade não pode ser definida pelo fio através do qual viaja.


"O HOMEM NÃO É MÁQUINA, MAS POSSUI E UTILIZA UMA."
Related Posts with Thumbnails